1197 visitantes

Compartilhe:

Saiba mais sobre a minha atuação e propostas

Um pouco sobre Gabriel Kio antes da política

Falar de si nunca é a tarefa mais fácil. Ainda mais por sermos essa constante mudança a qual chamamos de ser humano.

Mas enfim.

Meu nome é Gabriel Kio de Campos Koseki e ao contrário do que muitos pensam Kio não é um sobrenome, é um nome composto. Tenho 24 anos, nasci em Curitiba e vivi a maior parte da minha vida na região do Uberaba, bem na divisa com o Jardim das Américas.

Minha família materna é originária de Tuneiras do Oeste. Em 1987 vieram para Curitiba e após algumas mudanças foi na Cidade Industrial de Curitiba (CIC) que fixaram residência (e onde até hoje mora minha avó).

Do lado paterno, meu avô, japonês, chegou de navio no Brasil com apenas 2 anos de idade. Já minha avó, também de origem japonesa, nasceu em São Paulo, porém foi no norte do Paraná que consolidaram raízes e onde meu pai nasceu.

Nunca fui dos esportes tradicionais. Já pratiquei basebol (em um clube japonês chamado Nikkei), handebol, mas foi no muay-thai que me dedique por 6 anos. Hoje busco jogar bola o máximo que posso (suburbano que me aguarde).

Eclético sempre foi uma palavra que me definiu bem. Você pode me encontrar desde em uma roda de samba até uma de rap ou mpb, mas sem antes claro dar uma passadinha no forró (o qual eu não sei dançar, mas que amo ouvir). Em 2013, junto com mais 2 amigos, fundei um grupo de rap chamado 3GCrew (saudades).

Em janeiro de 2015 me tornei vegetariano e com isso despertei meu olhar para o consumo consciente e sustentável. Além disso, sou apaixonado por questões relacionadas ao autoconhecimento e a espiritualidade e justamente por isso busco diariamente melhorar cada vez mais quem sou.

Mas agora vamos falar sobre o que você realmente quer saber: por que Gabriel Kio e a política deram match?

MINHA FORMAÇÃO
  • Engenharia Química pela PUC-PR
  • Pós-graduação em Gestão de Projetos pela FGV
  • Presidente do DCE PUC-PR nas gestões de 2016-2017 e 2017-2018
  • Formado no RenovaBR

Ainda na faculdade de Engenharia Química me percebi enquanto ser político. Entre as matérias optativas em Direito, Biotecnologia e Engenharia Ambiental, tive a oportunidade de presidir o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da PUCPR e ser o segundo presidente a ser reeleito na história. Durante os anos de 2016 e 2018 cheguei a gerenciar 80 pessoas em 4 cidades diferentes, o que me trouxe uma noção de gestão muito grande.

No ano de 2019, junto com o início da minha pós-graduação em Gerenciamento de Projetos também comecei minha formação no RenovaBR, uma escola que prepara pessoas comuns para se tornarem políticos fora do comum e hoje concilio os aprendizados do RenovaBR, com os da minha pós para a construção do meu projeto político.

Ainda em 2019 também coordenei diversos projetos que foram desde shows até ações sociais de reformas, pinturas e construção de horta comunitária em escola municipal.

 

Em março desse ano me filiei ao Cidadania23 para poder continuar servindo à comunidade, mas agora também pelo meio político!

ALGUMAS DAS PROPOSTAS PARA A CIDADE – um resumo delas na verdade, porque o ideal mesmo é que a gente possa conversar sobre elas e para isso, se você quiser, pode me mandar mensagem em uma das redes sociais no final da página

  • Tamo de Olho - Grupo entre conselhos profissionais, universidades, Prefeitura e Câmara Municipal de Curitiba para avaliar e fiscalizar projetos e propostas de maneira técnica. Fiscalização do orçamento Municipal e contratos;
  • Eu + Político - Participação da população de forma efetiva no mandato através do aplicativo de mandato e de um conselho consultivo do mandato que irá fiscalizar, levar demandas e apontar como proceder em certos trâmites da Câmara; instituição de uma Câmara Mirim nas escolas municipais e fortalecimento dos Conselhos Municipais com capacitação periódica permanente dos conselheiros;
  • Valoriza Curitiba - Desenvolvimento dos conselhos municipais de cultura e esporte. Incentivo de produções com artistas locais em shows de grande porte;
  • A Praça É Nossa - Incentivar o uso dos espaços públicos com diversos tipos de oficinas: técnicas, de arte, cultura, esporte, educação ambiental, lazer e cidadania;
  • Mãos à Horta - Fomentar o consumo de orgânicos e a alimentação saudável. Criação de hortas, pomares e composteiras urbanas comunitárias;
  • Toda Forma de Vida - Garantir o direito dos animais, através de um Projeto de Lei em parceria com as ONGs da causa animal (Estatuto Animal);
  • Informa Aí - Divulgação dos direitos do cidadão e empresariado curitibano, por meio de linguagem ACESSÍVEL, em locais de convivência comum e redes sociais.

Mas e o que me motiva a querer ser vereador?

No começo quando pensei em entrar para a política o sentimento era muito no sentido de “quero mudar a realidade em que vivo, quero ajudar a minha cidade, quero ajudar as pessoas”. Hoje o sentimento ainda é esse, mas ele passou por um processo de amadurecimento.

Hoje eu enxergo o processo de entrar para a política como um reflexo de uma parte muito forte que há dentro de mim e contrariar isso é ir contra uma paixão muito grande. Porém não é apenas isso.

É buscar cada vez mais uma política mais humanizada, em que políticos não estejam em pedestais e que a população possa vê-los da maneira que deve ser: políticos como funcionários do povo, a serviço do povo e suas necessidades e jamais acima do povo.

Por fim, realizar política pra mim é ajudar no processo de redução das desigualdades sociais, sabendo OUVIR as pessoas e utilizando de dados, provas e números para busca de soluções inovadoras. Sem achismos.

Fazer política é botar em prática nosso papel enquanto seres individuais que participam de um todo e que justamente por isso sabem que ninguém faz nada sozinho.

Qualquer 5ão é bem vindo (mínimo aceito pela plataforma) e fortalece demais!

Por que doar? Fazer campanha política se tornou mais barato com a ajuda da tecnologia, mas continua muito caro, ainda mais sem ser famoso ou ter padrinho político. Por isso, para entrar na disputa de maneira minimamente competitiva preciso da sua ajuda (impulsionamentos, material gráfico...).

Uma novidade nestas eleições é a possibilidade de candidatos utilizarem o financiamento coletivo para arrecadação de recursos para a campanha. O valor limite diário, por CPF, de doação é de R$ 1.064,00 e as doações não podem ultrapassar 10% do valor de renda declarado no ano anterior.

Além de ficar disponibilizado de forma pública, a prestação de contas será enviada no SEU E-MAIL e poderá ser questionada a QUALQUER momento!

Faça sua doação com tranquilidade, em uma plataforma 100% segura

Site homologado pelo Tribunal Superior Eleitoral
Total conformidade com a Justiça Eleitoral
Seus dados totalmente protegidos
Convite Enviado pela plataforma Essent Jus

Siga minhas redes sociais